A Assembleia Legislativa aprovou um projeto que libera a venda de bebidas alcoólicas em estádios do Rio Grande do Sul

Os estádios do Rio Grande do Sul voltarão a vender bebidas alcoólicas. Na terça-feira (18), a Assembleia Legislativa aprovou alteração em lei que vetada a comercialização nas praças de esporte. A mudança ainda depende de sanção do governador para valer já no início de 2019. A mudança foi aprovada por 25 votos contra 13.

O Projeto de Lei 198 de 2018, apresentado pelo deputado Gilmar Sossella (PDT) prevê venda de bebidas até o intervalo e depois do apito final das partidas. Em junho, os clubes gaúchos articulavam a mudança da lei.

O Sindiclubes reuniu apoio de equipes do interior e teve a dupla Gre-Nal ao lado para falar com deputados e retomar a ideia de mudar o regramento. A norma que proíbe venda e consumo de bebidas alcoólicas em estádios gaúchos está em vigor desde 2008.

O projeto de lei aprovado citou até a Copa do Mundo como argumento para encerrar a “lei seca” nos estádios gaúchos. O texto também versa sobre o consumo no entorno das praças antes da bola rolar. O movimento dos clubes se apoiou em pesquisa realizada pelo Instituto Methodus para desconectar ocorrências nas arquibancadas com o consumo de álcool.

“A realização da Copa do Mundo em nosso País serviu para refletir sobre a atual legislação estadual que trata da venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol. A presente atualização da legislação se mostra necessária e um avanço na atual lei. Há de se destacar que a própria Federação Internacional de Futebol  não se opõe à venda de álcool em partidas de futebol que são realizadas sob a sua responsabilidade”, disseram os parlamentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *