A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul abrirá cinco cursos de pós-graduação em cinco regiões do Estado

A Uergs (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul) abrirá cinco cursos de Pós-Graduação no primeiro semestre de 2019 em unidades no interior e na Capital. As inscrições estarão abertas de 11 a 28 de fevereiro e as aulas iniciarão em abril.

Em Porto Alegre, será aberta mais uma turma do curso de Especialização em Gestão Pública. No interior do Estado, serão abertos novos cursos de Especialização em Gestão Ambiental na Indústria (Bento Gonçalves); em Gestão em Educação: supervisão e orientação (Bagé); em Liderança e Sustentabilidade (Frederico Westphalen); e em Manejo Sustentável do Solo (Três Passos). Mais informações e os editais de seleção estão disponíveis no site da Uergs.

Universidade Federal da Bahia abre edital

A UFBA (Universidade Federal da Bahia) mantém aberto, até o dia 23 de janeiro de 2019, o processo seletivo que reserva vagas de graduação para quilombolas, imigrantes ou refugiados em situação de vulnerabilidade, indígenas aldeados e pessoas transgênero (travestis e transexuais). Ao todo, estão sendo disponibilizadas 352 oportunidades em 88 cursos da instituição, ministrados nas modalidades CPL (Curso de Progressão Linear) – de categoria tradicional, podendo ser licenciatura, bacharelado ou formação profissional -, CST (Curso Superior de Tecnologia) – formação de três anos, mais voltada à preparação para setores da economia – e Bacharelado Interdisciplinar, BI – instrução de cunho humanístico, científico e artístico.

Segundo as regras determinadas pela universidade, para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ter prestado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2018. Para candidatos imigrantes ou refugiados que tenham cursado o nível em outro país, dispensa-se a exigência.

Ainda conforme edital, a condição de quilombola e a de indígena aldeado será comprovada mediante certificado da Funai (Fundação Cultural Palmares e da Fundação Nacional do Índio). Já de pessoas transgênero solicita-se a entrega de autodeclaração. Imigrantes ou refugiados, por sua vez, devem apresentar visto humanitário permanente ou temporário, emitido pelo Conselho Nacional de Imigração.

Além do ingresso pelo sistema de cotas, a UFBA oferece, através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), 4.492 vagas para os cursos de graduação. A legislação em vigor também prevê reserva de cotas para estudantes que cursaram, integralmente, o ensino médio em escolas públicas e estudantes com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita.

Outras informações sobre a seleção, como a documentação completa requerida e critérios de classificação, podem ser obtidas através do site da UFBA. As inscrições, efetuadas em ambiente online, são gratuitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *