Após detentos divulgarem um vídeo fazendo churrasco dentro da cadeia, agentes penitenciários apreenderam espetos, facas e celulares no presídio de Lajeado

Agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Superintendência dos Serviços Penitenciários) realizaram, na madrugada desta terça-feira (22), uma operação no Presídio Estadual de Lajeado, no Vale do Taquari. Durante a ação, foram revistados todos os presos e as celas do regime semiaberto com o objetivo de apreender materiais ilícitos.

Foram apreendidos 56 espetos para churrasco, 28 telefones celulares, 35 carregadores, duas máquinas fotográficas, 20 baterias, oito facas, cinco estoques e um tijolo de maconha. Após a operação, a Susepe informou que “está realizando as medidas cabíveis à situação”.

A revista no presídio ocorreu após a divulgação de um vídeo nas redes sociais no qual detentos aparecem fazendo churrasco e bebendo cerveja. Os detentos identificados nas imagens foram transferidos para o regime fechado.

Foragidos

No último fim de semana, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a BM (Brigada Militar) prenderam oito foragidos do presídio de Passo Fundo e um foragido do presídio de Taquara em uma operação no interior do Rio Grande do Sul. Mais de cem policiais foram mobilizados para realizar o cerco aos criminosos que estavam escondidos em uma mata na região de Seberi e Erval Seco, no Norte do Estado.

Durante a operação policial, além das prisões dos foragidos também foram recuperados três automóveis roubados, diversas armas e farta munição. Oito desses bandidos haviam fugido recentemente do presídio de Passo Fundo.

A PRF utilizou helicóptero, drones e manteve barreiras em todas as rodovias federais e vias vicinais na região de Seberi. “A ação buscou garantir a segurança dos moradores da região, uma vez que os foragidos vinham realizando diversos crimes pelas cidades da região após a fuga”, destacou a corporação.

“Equipes da PRF permanecerão com barreiras na região para garantir a segurança dos cidadãos e apreender criminosos que ainda podem estar escondidos”, afirmou a Polícia Rodoviária Federal.

A fuga de 17 presos do presídio de Passo Fundo ocorreu na madrugada do dia 12 deste mês, após uma caminhonete derrubar o portão e invadir o pátio do estabelecimento prisional. A diretoria do presídio foi afastada pela Superintendência dos Serviços Penitenciários após  suspeitas de corrupção na cadeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *