Assaltantes atacam agências e fazem refém em Ibirubá

Criminosos atacaram duas agências bancárias em Ibirubá, no noroeste do Rio Grande do Sul, durante a madrugada desta sexta-feira (8). O grupo estava armado com fuzis e usou explosivos para arrombar os caixas eletrônicos. Não há informações sobre a quantia em dinheiro levada. Depois de entrar no prédio do Banco do Brasil, os bandidos seguiram até a agência do Banrisul, que fica a cerca de 50 metros de distância. A porta foi arrombada, mas eles não conseguiram colocar os explosivos, pois a cortina de fumaça – usada como dispositivo de segurança em agências – foi acionada.

Nesse momento, um policial militar de Ibirubá chegou ao local e trocou tiros com os ladrões que estavam se preparando para fugir. Ninguém ficou ferido. Segundo a BM, os criminosos teriam fugido em direções diferentes, para os municípios de Selbach e Colorado, rumo à BR-285, provavelmente para seguir depois a Carazinho. Eles estavam em três carros.

Agência do Banco do Brasil ficou destruída.

Durante a ação, os assaltantes fizeram um jovem refém. Ele teria ido à farmácia no momento da ação e foi capturado pelos criminosos. O morador de Ibirubá foi levado em um dos carros durante a fuga e largado na estrada, a cerca de 1 quilômetro da cidade. Ele foi resgatado pela Brigada Militar e levado ao hospital em estado de choque.

Nesse momento, um policial militar de Ibirubá chegou ao local e trocou tiros com os ladrões que estavam se preparando para fugir. Ninguém ficou ferido. Segundo a BM, os criminosos teriam fugido em direções diferentes, para os municípios de Selbach e Colorado, rumo à BR-285, em direção à Carazinho. Eles estavam em três carros.

Mais de 40 policiais militares estão realizando buscas na região . O Batalhão de Choque de Santa Maria e o Batalhão de Operações Especiais de Cruz Alta estão dando apoio ao trabalho.

O momento do roubo foi registrado por moradores próximos que decidiram não se identificar. Confira o vídeo:

*Imagens: Rádio Uirapuru



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *