Bebida alcoólica é transformada em álcool em gel em Passo Fundo

Como falamos diariamente no Jornal da Pampa, tudo tem se modificado durante esse período de pandemia. Mas você sabia que até bebida alcoólica pode virar álcool em gel? A equipe da TV Pampa entrou em contato com o professor, Rudimar Pedro, para nos explicar como funciona essa modificação.

Essa é mais uma medida para ajudar no combate ao novo coronavírus: transformar vodkas em álcool em gel. Esse processo foi realizado no Laboratório de Arquitetura e Engenharias da Faculdade Meridional de Passo Fundo. O responsável pelo método é o professor Rudimar Pedro que possui graduação em química.

“Nós conseguimos desenvolver algumas metodologias que podem no futuro agregar valor a esse processo, e não ficarmos escravos apenas de uma metodologia de fabricação. Eu comecei meu trabalho na manipulação antes do advento desses modernos polímeros, então eu conhecia essa matéria prima que se mostrou bastante eficiente apesar de dar um pouco mais de trabalho”, explicou o prof. Dos cursos de eng. da IMED, Rudimar Pedro.

Os 400 litros de vodka que serão utilizados nessa alteração química, foram apreendidos durante as operações da Receita Federal. Ao todo, eles vão render cerca de 700 litros de álcool em gel. Mas além da bebida alcoólica são necessários outros elementos para a fabricação do produto final.

“A IMED investiu cerca de R$ 6 mil em matérias primas. Mas só a vodka não adianta, nós precisamos dos aglomerantes, umectantes e alcalinizantes”, explicou o prof. Dos cursos de eng. da IMED.

Os produtos serão doados para quem trabalha diretamente com o manuseio de lixo em Passo Fundo, pois de acordo o professor, esses são os que mais correm risco devido ao ambiente insalubre que operam diariamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *