Benefícios de agentes da Brigada Militar devem ter redução

Como parte dos pacotes de reformas que o governador Eduardo Leite deve enviar à Assembleia Legislativa, os benefícios de agentes da Brigada Militar também devem sofrer alterações. Com as mudanças no estatuto dos servidores militares, os profissionais terão o fim dos benefícios por tempo de serviço e uma alteração na aplicação do adicional por risco de vida.

De acordo com a proposta, o atual adicional de 222% por risco de vida deverá deixar de ser calculado com base no valor total do salário. Com a mudança, o adicional seria aplicado a uma base de cálculo menor, o que afetaria, principalmente, futuros agentes da corporação, já que os atuais têm o direito garantido da não mudança salarial imediata.

Indo além, a proposta do governo estipula que também sejam reduzidos os benefícios e adicionais por tempo de serviço. Atualmente os agentes têm acréscimo salarial de 5% a cada três anos e, ao completar 15 anos de serviço, têm acréscimo de 15% e mais 10% quando completam 25 anos de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *