Bolsonaro anuncia viagem aos Estados Unidos após desistir de receber prêmio em Nova York

Por Jornal O Sul

Depois de anunciar que não viajaria mais para Nova York, onde receberia um prêmio da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e disse que vai para os Estados Unidos. Em nota divulgada na sexta-feira (3), Bolsonaro afirmou que não iria à cerimônia do dia 14 de maio por causa dos ataques que vem recebendo do prefeito da cidade norte-americana, Bill de Blasio, e da pressão de grupos de interesse. De acordo com texto divulgado, a atitude do prefeito caracteriza “a ideologização da atividade”.

O democrata é opositor do Partido Republicano do presidente Donald Trump e chegou a pedir a um dos locais escolhidos para o evento que não recebesse Bolsonaro. No sábado (4), Blasio comemorou a desistência, dizendo que o ódio de Bolsonaro não é bem-vindo em Nova York e que “valentões normalmente não aguentam o tranco”. Questionado por jornalistas, no último domingo (5), se havia desistido da viagem, o presidente apenas respondeu, “eu vou para os Estados Unidos”, sem deixar claro se iria para receber a homenagem ou se tratava-se de uma nova viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *