Caso Miguel: polícia encerra buscas pelo corpo da criança no Litoral Gaúcho

Nessa última segunda-feira (13), a Polícia Civil decidiu terminar as buscas pelo corpo do menino Miguel. Apesar de não terem encontrado a criança, agentes disseram que, em razão do tempo, ele não seria mais localizado no Litoral Gaúcho, então seria melhor encerrar os trabalhos.

Os bombeiros começaram a procura por Miguel no dia 29 de julho. As buscas duraram cerca de um mês e meio. A mãe da criança confessou ter matado e jogado o corpo do filho no Rio Tramandaí, em Imbé. Agora, o Instituto Geral de Perícias disponibilizou um novo laudo que confirma a presença de material genético do menino na mala em que a mãe disse ter utilizado para transportá-lo até o Rio Tramandaí. Essa bolsa de viagem foi apreendida por policiais na lixeira de uma casa na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *