Chuva constante deixa 107 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

Devido a chuva constante desde segunda-feira passada (22), 207 pessoas tiveram que sair de suas casas por causa dos alagamentos no interior do Rio Grande do Sul, dados de domingo (28). Já nesta segunda-feira (29), o número caiu para 107 pessoas, segundo a Defesa Civil.

Dessas 107, 90 foram acolhidas por amigos e familiares e os outros 17 estavam desabrigados e não tinham para onde ir, devido a isso, eles foram levados para um lugar concedido pelo pode público. O município onde teve mais pessoas afastadas foi Alegrete, na Fronteira Oeste, no qual 38 pessoas ficaram desalojadas e outras 8 desabrigadas. Em Dom Pedrito, Região da Campanha, são 30 desalojados e 4 desabrigados.

Já em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, são 8 desalojados. E em Estância Velha, na Região Metropolitana de Porto Alegre há 12 pessoas desalojados por causa de um deslizamento de terra em uma obra. Em Santa Maria não foi diferente, a chuva fez transbordar o Rio Vacacaí que atingiu o distrito de Passo do Verde, alagando 30 casas. O mesmo rio que passa por São Gabriel, na Fronteira Oeste, deixou 77 famílias fora de suas residências.

Estão em estado de alerta os rios Ibicuí, Santa Maria, Camaquã, Baixo Jacuí, Gravataí, e em atenção os rios Mirim-São Gonçalo, Vacacaí-Vacacaí Mirim e o Guaíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *