Colheita da oliva avança no Rio Grande do Sul

A produção de azeite este ano no Brasil poderá chegar mais de 160 mil litros, sendo a maior já obtida no país. Em 2018, o número chegou a 150 mil litros de óleo, 42% a mais que em 2017. No Rio Grande do Sul, maior produtor do Brasil, a área cultivada de oliveiras cresceu 30% no ano passado, chegando a aproximadamente 3.464 hectares em todo o estado, conforme dados da Secretaria de Agricultura do RS.

Um dos importantes polos de produção de azeitonas para extração de azeite extra virgem, Cachoeira do Sul dará início a colheita da fruta. Responsável pelo primeiro azeite de oliva extravirgem produzido em escala comercial no Brasil, a Olivas do Sul será responsável por uma boa parte da produção gaúcha. A expectativa é que sejam colhidas nos pomares da propriedade até 160 toneladas de azeitonas em aproximadamente 16 hectares. A agroindústria ampliou em 300% a produção de azeite no ano passado e espera crescer ainda mais neste ano com a entrada em produção de outros pomares, em Encruzilhada do Sul.

Para comemorar o excelente desempenho dos pomares, a Olivas do Sul resolveu estender ao público em geral a sua Abertura da Colheita das Azeitonas, num evento que acontece no próximo dia 9 de fevereiro, nos pomares da agroindústria, em Cachoeira do Sul.

“Através de colaborações científicas e experiências com o cultivo desde 2006, a Olivas do Sul desenvolveu técnicas especialmente adaptadas ao tipo de solo e clima do RS. Queremos compartilhar com o produtor e todos aqueles interessados pela cultura que é possível sim fazer uma boa colheita da fruta, praticamente, sem alternância de produtividade”, comenta o fruticultor e proprietário da Olivas do Sul, José Alberto Aued.

Mais do que celebrar uma boa colheita, a ideia dos organizadores do evento é reunir não só produtores e especialistas, mas também interessados em conhecer e aprender um pouco mais sobre uma das atividades agrícolas que mais cresceu no estado, nos últimos anos.

“Este ano além das palestras sobre manejo de pomares, vamos abordar as perspectivas de negócio. Para falar sobre a qualidade da fruta e produto final contaremos com a presença do nosso consultor italiano Giuesppe Colantani e de técnicos italianos da Mori – Tem, que atua na área de extração de azeite e da Campagnola, empresa de equipamentos de colheita semi mecanizada e poda, que irão demonstrar seus equipamentos a campo”, conta Aued.

Já para abordar o tema do processamento tecnológico do azeite e o que fazer no pomar para resultar em um azeite de qualidade, a Olivas do Sul convidou o engenheiro agrônomo da Embrapa, Dr. Rogério Oliveira Jorge, responsável pelo laboratório de análises de azeite.

Com a distinção de ter o primeiro azeite extra virgem do Brasil a constar no Flos Olei – catálogo que reúne os melhores 500 azeites do mundo-, os diretores da Olivas do Sul pretendem levar esse conhecimento para além das próprias porteiras. “Nosso objetivo é mostrar que a olivicultura é um negócio promissor. Por isso, além de produzir o azeite, também atuamos na comercialização de mudas, prestação de serviço de implantação de pomar, assessoria para o cultivo e até mesmo ensinamos a produzir o azeite, e desde 2012, também passamos a representar oficialmente as empresas italianas de equipamentos Mori-Tem e Campagnola”, explica Aued.

“Novello com Exclusividade Limitada”

Além das palestras, quem participar da Abertura da Colheita da Olivas do Sul vai acompanhar, na prática, como acontece a colheita e todo processo de extração do azeite. Ao final, os participantes terão a oportunidade de adquirir, com exclusividade, um azeite especial, o Novello, que é o primeiro azeite extraído da safra e será comercializado somente no dia do evento.

“É um azeite que o italiano chama de Novello, um azeite não filtrado. Ele vai sair daqui com a maior quantidade de polifenóis e características marcantes da fruta, é um produto muito fresco, único e característico, é o melhor azeite, mas que deve consumido de forma rápida, em até dois meses”, destaca Emanuel de Costa, Engº Agrônomo da Olivas do Sul.

O evento da Olivas do Sul será aberto ao público, mediante inscrição no site www.olivasdosul.com.br, ao custo de 1 kg de alimentos que será revertido a alguma entidade.

SERVIÇO:

O que: Abertura da Colheita da Azeitona Olivas do Sul

Onde: Cachoeira do Sul

Quando:9 de fevereiro a partir das 8h30min

Inscrições: www.olivasdosul.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *