Começa nesta segunda-feira, nas quadras da Associação Leopoldina Juvenil, evento de tenistas veteranos do mundo inteiro de 35 até mais de 85 anos de idade

Começa nesta segunda-feira (26), nas quadras da Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, a 33ª edição do Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre, Copa Yone Borba Dias, tradicional evento de veteranos com tenistas do mundo inteiro de 35 até mais de 85 anos de idade e com graduação máxima para o ranking mundial.

De acordo com a lista divulgada oficial pela Federação Internacional de Tênis serão 224 atletas de 19 países, aumentando o número em relação ao ano passado que teve 17 países na disputa com dez nações diferentes levantando troféus. São atletas do Brasil, Jordânia, Costa Rica, Chile, Argentina, Holanda, Lituânia, Peru, Espanha, Itália, Colômbia, Alemanha, EUA, Grécia, França, Canadá, Austrália, Uruguai e Bolívia.

Destes atletas, três lideram o ranking nas respectivas categorias. O americano John Powless, de 86 anos, retorna à capital gaúcha para defender seu troféu. O jogador que foi o primeiro técnico do americano Arthur Ashe, campeão de Grand Slams e ícone do esporte que dá nome à maior quadra do mundo para 24 mil pessoas no US Open. Powless foi o primeiro patrão na carreira vasta de Nick Bolletieri que hoje tem a maior academia do mundo no esporte em Bradenton, na Flórida. Powless nesta edição terá a forte concorrência do australiano Adrian Alle, terceiro do mundo e de 88 anos.

Outros dois líderes são a argentina Silvina Delgado, na categoria 40 anos do feminino, e o grego Konstantinos Efraimoglou, na categoria 55 anos, masculino. Ele terá a forte concorrência do brasileiro Ricardo Tomb, quinto colocado do ranking.

O Brasil vai em busca de conquistas e tem mais destaque nos 35 anos masculino com Adelmo Evangelista. Atual vice-líder do ranking ele está à caça do argentino Pablo Cerruti que descarta pontos de torneio na Argentina do ano passado. Adelmo porém terá que defender sua conquista na capital gaúcha para brigar pelo topo. O mineiro Felipe Miana é o terceiro do mundo e principal favorito nos 40 anos masculino e vai defender conquista do ano passado.

Nos 50 anos feminino, a paulista Simone Vascocellos, quinta do ranking e que já liderou a tabela, vai em busca de desbancar a peruana Tita Zae, segunda colocada. Nos 75 feminino, a mineira Christa Coelho, sexta do mundo, corre atrás do troféu e terá forte concorrência da chilena Lilian Pardo, oitava colocada. Nos 80 feminino, Theresinha Acioly busca o sucesso. Ela é a terceira do mundo na categoria acima, 85 anos. Nos 60 anos masculino, o brasiliense Amadeu Façanha, oitavo colocado, busca desbancar o colombiano Carlos Behar, quarto colocado. Nos 60 feminino, Rosangela Fritelli, sétima colocada, vem como destaque e nos 55 feminino, Lilian Brito, quinta colocada, é a favorita.

Em demais categorias os estrangeiros se destacam. Nos 70 feminino e vice-líder, a alemã Alena Klein promete forte disputa com a terceira, a chilena Leyla Musalem. Nos 75 masculino, o ex-jogador de Copa Davis, o chileno Jaime Pinto-Bravo, vice-líder do ranking, terá a concorrência do brasileiro Hayrton Ferreira. Nos 70 anos, o boliviano Ramiro Benavides, terceiro colocado, ex-jogador de Copa Davis, e o espanhol Jairo Velasco, quarto colocado. Os dois estão empatados no ranking. A Argentina tem ainda Luis Gargiulio, quarto, como favorito nos 45 masculino. O Chile tem também Gabriel Kraymer, quinto, como favorito nos 50 masculino.

A 33ª edição do Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre, Copa Yone Borba Dias, tem o patrocínio da Melnick Even – Líder em Alto Padrão, e conta com os apoios da Net Claro, Master Hotéis e Água Crystal. A organização é da Protenis Promoções Esportivas e o evento é oficializado pela Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Gaúcha de Tênis e é realizado na Associação Leopoldina Juvenil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *