Comissão do Congresso aprova retirar Coaf de Ministério da Justiça e Segurança Pública

Nesta quinta-feira (9), a comissão do Congresso que analisa a medida provisória (MP) da reforma administrativa, aprovou a retirada do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, comandado pelo ministro Sérgio Moro. Com 14 votos contra 11, a estrutura volta para o Ministério da Economia. O texto ainda precisa passar pelos plenários da Câmara e do Senado.

A comunicadora e advogada, Karla Krieger, afirmou na bancada do Atualidades Pampa, que “a oposição e o centrão se uniram” e que alguns têm medo de que Sérgio Moro continue fazendo o trabalho que estava fazendo. Já para o também comunicador do programa, Gustavo Victorino, “é uma derrota inicial”, pois o advogado acredita que a decisão poderá ser revertida.

Assinaram o requerimento que devolve o órgão para o Ministério da Economia os líderes dos partidos PT, PRB, PTB, PP, MDB, Pode, PSC, DEM, PR, Solidariedade e Patriotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *