Educação de Porto Alegre mantém greve

A educação de Porto Alegre decidiu manter a greve contra a retomada das atividades presenciais que ocorreu nesta última segunda-feira (05). A decisão foi tomada em assembleia online convocada pelo Sindicato dos Municipários de Porto Alegre.

Na assembleia realizada pelo Simpa mais de 800 servidores estiveram presentes. Durante o encontro ficou decido manter o estado de greve. No dia 13 de outubro deve ser realizada uma nova reunião para debater o assunto, podendo ser antecipada. A greve é uma resposta ao calendário de volta as aulas presenciais apresentado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior e que teve início nesta segunda-feira (05).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *