Em Viamão, um homem foi preso preventivamente por violência doméstica

A Polícia Civil, em ação realizada pela Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Viamão, cumpriu, na tarde de sexta-feira (19), em Porto Alegre, mandado de prisão preventiva de homem de 31 anos, por crimes de violência doméstica praticado contra sua ex-companheira. De acordo com a delegada Jeiselaure de Souza, o agressor ameaçou a vítima e descumpriu as medidas protetivas de urgência, ameaçando também seus familiares.

Cárcere privado

Na quarta-feira (17) policiais libertaram uma idosa de 80 anos que foi mantida em cárcere privado por sete horas pelo próprio filho, de 41 anos, no condomínio Cantegril, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O homem teria transtornos psicológicos e problemas com drogas, segundo informações da BM (Brigada Militar). A ação contou com o apoio da Polícia Civil. Antes de brigadianos invadirem a residência, psicólogos, assistentes sociais e um advogado tentarem negociar com o homem, que estava armado com uma faca.

A polícia realizou três explosões para abrir uma parede da casa reforçada com chapas de aço. A residência tinha características de um bunker, conforme a BM.

O homem, que não teve a identidade divulgada, tem passagens na polícia por violência doméstica contra uma ex-companheira. A idosa, que teve nome preservado, ficou em estado de choque e foi atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Suspeito de tentativa de feminicídio preso

A 1ª Deam/Porto Alegre, prendeu preventivamente, na manhã de sexta-feira (19), no Bairro Humaitá, um indivíduo de 31 anos, suspeito de tentativa de feminicídio.

Segundo informações, o crime teria ocorrido no dia 12 de outubro, quando o suspeito, agrediu com golpes de faca, sua companheira. O agressor já registra diversos antecedentes policiais por crimes de violência doméstica e homicídio.

Irmãos presos

A Polícia Civil, por meio da Defrec e Deam de Rio Grande, prendeu, na quinta-feira (18) um homem suspeito de feminicídio. O crime ocorreu um dia antes e foi motivado por ciúmes – confessado pelo autor. A companheira do acusado estava grávida e foi morta a facadas, sendo escalpelada e torturada.

Segundo o delegado Roberto Sahagoff, titular da Defrec e respondendo pela Deam- Rio Grande, durante a ação policial, dois irmãos do acusado foram presos por tráfico de drogas. Na residência, onde estavam os investigados, foram apreendidos um revólver municiado com numeração raspada, 85g de crack, 280g de maconha, três balanças de precisão e um veiculo.

Santa Maria

A Polícia Civil, por meio da Deam de Santa Maria, prendeu, preventivamente, um homem pelo crime de feminicídio, na quarta-feira (17). O crime ocorreu no dia 13 deste mês, quando a vítima, sua ex-companheira, de 37 anos, foi encontrada sem vida, às margens do rio Vacacaí-Mirim.

Conforme as investigações, o casal estava separado há quatro meses, e a vítima já possuía registro de ocorrência contra o ex-companheiro pelo crime de ameaça, embora não houvesse medidas protetivas de urgência a seu favor. O desaparecimento da mulher foi registrado pelo filho mais velho, um dia antes do corpo ser achado.

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *