Estudantes anunciam manifestação nesta terça contra corte no orçamento da Educação

A União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre (Umespa) e a União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas (UGES) anunciaram uma manifestação contra o corte do orçamento da Educação, promovido pelo governo federal. A mobilização será nesta terça-feira (13), a partir das 18h, no Centro Histórico de Porto Alegre.

O “Ato em defesa da educação” terá início na Esquina Democrática. Depois, os estudantes seguirão em caminhada pela avenida Júlio de Castilhos, passando pelo túnel da Conceição e terminando em frente a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Entidades estudantis brasileiras estão mobilizadas para o protesto e tem expectativa de grande mobilização. Durante a parte da manhã e tarde, mais de 24 cidades do Rio Grande do Sul terão atos.

Segundo Vitória Cabreira, presidente da Umespa, o Ministério da Educação foi a pasta que mais sofreu cortes no governo de Jair Bolsonaro. “Só nesse ano já são mais de R$ 6,2 bilhões retirados da educação, o que corresponde a 25% do orçamento total da pasta. Ainda na última semana, mais um ataque foi deferido contra a educação com um bloqueio de R$ 348 milhões para compra de livros para as escolas”, afirma a representante estudantil.

Vitória ainda destaca a importância do ato: “Mais uma vez, os estudantes têm a responsabilidade de assumir a linha de frente dessa batalha. Os estudantes já tomaram as ruas nos momentos mais importantes e recentes de nossa história. E assim faremos novamente. Cada rua desse País será ocupada com poderosas mobilizações em defesa da educação e do Brasil. Como das outras vezes, levaremos milhares as ruas”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *