Ex-candidato a vereador é preso com carro roubado pela segunda vez em uma semana na Região Metropolitana de Porto Alegre

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu, na noite de quinta-feira (27), um homem que estava dirigindo um carro roubado e clonado em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O criminoso já havia sido preso na semana passada pela Brigada Militar com outro carro roubado e foi solto pela Justiça.

Após verificarem que um Gol estava sendo conduzido em alta velocidade e com manobras arriscadas, os policiais federais abordaram o carro depois de alguns quilômetros de acompanhamento. Ao examinarem o automóvel, constataram que estava com ocorrência de roubo.

Em 2016, o homem preso foi candidato a vereador no município de Camaquã. A polícia não divulgou o nome do criminoso.

Litoral

Na madrugada desta sexta-feira (28), a PRF apreendeu 402 litros de bebidas alcoólicas sem o devido desembaraço aduaneiro na BR-290, em Osório, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. A apreensão ocorreu durante uma operação de combate à criminalidade na BR-290 entre os municípios de Osório e Santo Antônio da Patrulha.

Agentes da PRF abordaram um veículo Quantum que trazia no seu interior bebidas alcoólicas de origem estrangeira muito além da cota e do valor permitidos para a entrada no Brasil. No total, foram contabilizadas 168 garrafas de espumante, 108 de uísque, 36 de gim e 120 de vodca.

Após esclarecimentos prestados pelo condutor e o passageiro do veículo, as mercadorias foram apreendidas e encaminhadas à Receita Federal do Brasil.

Caçapava do Sul

Na tarde de quinta-feira, na BR-290, em Caçapava do Sul, a PRF apreendeu um automóvel Kadett, com placas de Cachoeira do Sul, transportando diversas mercadorias de origem estrangeira sem o devido desembaraço aduaneiro.

O veículo era conduzido por um homem de 19 anos. Uma mulher de 23 anos também estava no carro. No interior do veículo, foram encontrados 30 ventiladores, 16 garrafas térmicas e 60 jarras elétricas compradas no Uruguai para revender no Brasil. O condutor, que não é habilitado, teve as mercadorias e o veículo recolhidos e responderá processo por descaminho.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *