Exclusivo: presidente do Inter destaca força do time jogando fora de casa e almeja título para “coroar trabalho”

*Valéria Possamai

Ansiedade e confiança: esses foram os sentimentos destacados pelo presidente do Inter, Marcelo Medeiros, em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, projetando a quarta-feira de decisão da Copa do Brasil. Nesta noite, o colorado inicia a batalha em busca do bicampeonato, diante do Athletico-PR.

Um dia após completar mas um ano de vida, Medeiros vive um novo momento à frente do clube gaúcho. Da disputa da segunda divisão, o presidente, após quase três anos de trabalho, presencia o time em uma decisão por um título nacional. “59 anos bem vividos, 2 anos e 9 meses à frente do Inter, conduzido ao seu devido lugar. Hoje, o Inter volta a disputar uma final de Copa do Brasil, depois de 10 anos. E, para isso que estamos aqui, para jogar esse primeiro jogo de maneira bastante focada, com inteligência e levar a decisão do Beira-Rio. Junto do nosso torcedor, quem sabe podemos coroar o trabalho que estamos fazendo.”

“Óbvio que ficamos ansiosos. O coração ta bem, saúde ta boa. Ansiedade faz parte. Durmo muito pouco. Mas é importante manter a calma. Confiamos muito no nosso trabalho, da comissão técnica, no grupo de atletas. Fizemos bons jogos contra Cruzeiro, Palmeiras, River Plate. Esse time quando joga fora mostra sua força. Hoje vamos ter muitos colorados. A torcida sempre nos deu apoio e aqui e em Curitiba não é diferente”, declarou o mandatário durante o programa Toque Direto, da Rádio Grenal.

Medeiros também enalteceu a boa relação entre os dois clubes. Com um acordo firmado entre as duas direções, o Inter ganhou o direito de treinar no palco da decisão, a Arena da Baixada, e ter uma primeira adaptação ao gramado sintético. “Nós achamos importante. Procuramos sempre manter um bom relacionamento com os clubes do futebol brasileiro. Foi bom para adaptação. Decisivo não é, mas entendemos que é importante.”

Athletico-PR e Inter iniciam a disputa das finais nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada. A finalíssima ocorre na próxima quarta-feira, 18, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Leia mais: Duelo de artilheiros: Paolo Guerrero e Marco Rúben disputam protagonismo em finais

*estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *