Expointer cancelada: associações devem realizar feiras menores segmentadas

A 43ª edição da Expointer foi cancelada devido à pandemia do coronavírus. Esta é a primeira vez na história que a feira não vai acontecer. O anúncio veio por meio de nota na quinta-feira (02). O evento já havia sido adiado no último dia 18 de junho, mas, desta vez, as entidades optaram pela suspensão.

A decisão foi unânime e bem recebida pelo governo. Segundo o secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Covatti Filho, para que se chegue a um acordo, todos têm de estar mobilizados. “Como somos várias entidades co-promotoras para a realização da feira, sempre tem de haver essa mobilização em conjunto. Então criou-se esse diálogo e obviamente a gente optou por cancelar”, revelou.

A Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul destacou que o momento enfrentado pela pandemia uniu os organizadores e o presidente da pasta, Gedeão Pereira, foi a favor do cancelamento já que a feira envolve muitas pessoas.”Durante a semana da Expointer praticamente meio milhão de pessoas passam pelo parque. Em vista do problema atual também não sabemos qual o fim dela, então seria muito temerário realizarmos a feira.”

O setor mais atingido com o cancelamento da Expointer foi o de máquinas e implementos agrícolas. A categoria lucra com a feira porque reúne fabricantes e clientes. Por todos complicadores, o sindicato foi favorável ao cancelamento, mas ele deu início a um movimento para minimizar o prejuízo. Pequenas feiras segmentadas devem acontecer no período em que a feira estava programada.

O presidente da Febrac acredita que essas competições possam ser realizadas de forma física ou on-line. “Foi um pedido da Febrac, no sentido de que possamos realizar os julgamentos e as provas das associações no parque Assis Brasil naquele período de dias que foi disponibilizado para ser realizada a feira”, comentou. Agora, na próxima semana, serão divulgados os anúncios destas feiras, assim como as datas, que devem permanecer entre final de setembro e começo de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *