“Foi um massacre, ficou barato”, diz Renato sobre o Grenal

“Foi um massacre, ficou barato. Se não tira o pé do acelerador, e não foi ordem minha, pode ter certeza que seria goleada”, disse o técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, após a vitória por 2 a 0 sobre o Inter, na Arena, neste domingo.

“Nossa supremacia acontece há três anos. Neste ano, foi mais uma vez comprovada. Cinco Grenais. No momento em que a gente não perde nenhum, mostra a nossa força”, declarou o treinador. em entrevista coletiva.

“O Internacional, com todo respeito, joga de uma maneira que não me agrada. Uma equipe que fica sempre se defendendo também contra as outras grandes equipes do futebol brasileiro”, prosseguiu Renato.

Com o triunfo sobre o rival, o tricolor chegou aos 50 pontos, se mantendo na quinta colocação e ficando a dois pontos do São Paulo, que é o primeiro time no G-4.

O próximo compromisso do Grêmio é na quinta-feira, contra o CSA, às 21h (de Brasília), na Arena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *