Gasolina ilegal era vendida 50% abaixo do preço do mercado em Canoas

Um esquema de gasolina ilegal e adulterada foi desarticulado pela Polícia Civil de Canoas nesta quinta-feira (15). Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão para coibir o furto e a receptação de combustíveis.

Foram dois meses de investigação até que os policiais mapeassem o modus operandi dos criminosos. Eles desviavam combustíveis de refinarias, armazenavam e depois vendiam a consumidores da região metropolitana com preço abaixo da metade do preço de mercado em postos credenciados. Estima-se que até 84 mil litros de gasolina podem ter sido vendidas ilegalmente. Pelo menos quatro pessoas estão envolvidas no esquema, e as investigações continuam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *