Governo Federal anunciou medidas econômicas contra o coronavírus

O Governo Federal anunciou medidas para minimizar os impactos causados pelo novo coronavírus. O pacote flexibiliza questões trabalhistas, e ainda inclui ações nas áreas de economia, saúde e de apoio à população mais vulnerável.


Em pronunciamento nesta sexta-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro esclareceu as medidas adotadas pelo Governo Federal. Entre as ações previstas está uma que afeta diretamente um hospital gaúcho. É uma linha de financiamento a todas as santas casas do país.


Pronunciamento medidas


“Linha de financiamento de R$ 5 bilhões, uma taxa de 10% ao ano, até a pouco tempo era 20% e quem deve com a taxa de 20% vai ser estudado esse financiamento para nós readequarmos essa taxa que ainda é alta”, explicou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.


O presidente do Banco Central Roberto Campos anunciou entre outras medidas, um auxílio mensal aos profissionais autônomos e informais durante a crise. Além disso ainda será feita a antecipação das duas parcelas do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas do INSS para abril e maio.


“Isso significa mais espaços para pequenas e médias empresas, significa mais empregos, mais crescimento e inclusão no mercado de crédito, mais competição”, disse o presidente do Banco Central Roberto Campos Neto. O Governo Federal também flexibilizará as regras trabalhistas. Segundo o Palácio do Planalto, as medidas tem o objetivo de preservar empregos.

Entre as propostas, estão a adoção do teletrabalho, como home office, antecipação de férias individuais e concessão de férias coletivas. Procuradas pela produção da TV Pampa, as Federações Empresariais Gaúchas ainda não se manifestaram sobre as medidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *