Hospitais de Porto Alegre têm cerca de 300 servidores afastados

A pandemia também afeta os profissionais de saúde. Desde o início de junho, houve um aumento de cerca de 80% no número de casos atingido servidores em dois hospitais de referência de Porto Alegre.

A quantidade de servidores impedidos de trabalhar por terem contraído a Covid-19 no Hospital de Clínicas e no Grupo Hospitalar Conceição saltou para 186, 64 destes atuam no próprio Conceição. De acordo com o Diretor-presidente da instituição os casos estão controlados. Ele afirma que todas as medidas de prevenção estão sendo tomadas, inclusive com testagem dos profissionais.

“A gente tem esse monitoramento para aqueles funcionários sintomáticos que assim apresentam sintomas, e também quando há casos de funcionários que estão trabalhando e são positivados, nós fazemos um rastreamento e aí não necessita ser sintomático”, explicou o Diretor-presidente do GHC, Cláudio Oliveira.

Além da Covid-19, os casos de síndrome respiratória aguda grave também afetam o quadro de funcionários dos hospitais. No total, são cerca de 300 servidores afastados temporariamente, 62% confirmados com coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *