Hospitais registram falta de medicamentos e anestésicos nas UTIs

Hospitais aqui do Rio Grande do Sul estão registrando desabastecimento de medicamentos do kit de entubação, utilizado nas unidades de terapia intensiva como anestésicos. Devido a isso, a Secretaria de Saúde aqui do estado emitiu uma nota orientando aos hospitais para que não realizem cirurgias eletivas, ou seja, cirurgias que não forem emergenciais.

Também foi informado que o Ministério da Saúde já realizou uma compra emergencial de medicamentos que serão distribuídos aos estados. Cidades que estão em um estágio mais agravado do desabastecimento já vem adotando as recomendações da Secretaria da Saúde, como é o caso de Canoas, na região Metropolitana.

“Esses medicamentos que são comprados pelos hospitais e estão em falta no mercado a muitas semanas e vínhamos avisando, compete ao Ministério da Saúde regular o mercado para que não haja desabastecimento, portanto trata-se de um problema de distribuição nacional. Nós estamos fazendo vários esforços, junto ao Ministério Público, aos governos, a sociedade civil e a todos que possam nos ajudar”, relatou o prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *