Hospital Moinhos de Vento lança Faculdade de Ciências da Saúde

O Hospital Moinhos de Vento lançou oficialmente na manhã desta quarta-feira (31) a Faculdade de Ciências da Saúde. O primeiro curso de graduação será em Enfermagem com inscrições abertas e aulas iniciando em fevereiro de 2019. São 50 vagas no primeiro semestre e o vestibular acontece no próximo dia 15 de dezembro, sendo que o processo seletivo inclui uma prova de redação e Enem.

Christian Tudesco, diretor Institucional de Educação e Pesquisa.

Alguns diferenciais contemplam o novo curso, começando pelo horário, a hora é cheia, ou seja, 60 minutos/aula, diferente do que acontece hoje, com aulas em torno de 45/50 minutos. O critério antecipa orientação do MEC, que deverá ser adotada a partir de 2020 por todas as universidades.

Outro diferencial é o olhar mundial ao setor da saúde, para entregar o melhor possível ao paciente, pois já a partir do primeiro semestre o aluno passa a ter contato direto com os pacientes, contando com mentoria de profissionais de excelência que integram o quadro do Hospital. “A equipe se empenha em trazer este projeto para o Hospital e para a cidade”, como atesta o diretor Institucional de Educação e Pesquisa do HMV, Christian Tudesco. “Nosso comprometimento é com a inovação e com a construção de uma carreira sólida, uma vez que o objetivo é formar o profissional, conectado para entregar o melhor resultado ao paciente”, como reitera o diretor.

Na visão do superintendente de Educação Pesquisa e Responsabilidade Social, Luciano Hammes, o lançamento da escola “é mais um importante avanço que nos enche de orgulho, porque reforça a excelência da nossa caminhada rumo ao futuro”. Ele lembra que o HMV está entre os 15 maiores da América Latina, e um dos cinco maiores do País, filiado também ao Johns Hopkins International, um dos três maiores grupos hospitalares dos EUA. Segundo a coordenadora do curso de Enfermagem da Faculdade da Saúde Moinhos de Vento, Roberta Almeida, “o curso também vai ter aula de inglês instrumental em todos os semestres, formando um profissional bilíngue e apto para a leitura de estudos internacionais na área da saúde.

O investimento neste projeto chega a cinco milhões de reais nos últimos três anos e outros cinco milhões previstos para os próximos 24 meses, no entanto, Luciano Hammes reforça que o maior investimento é a construção da marca, apoiada na trajetória percorrida pelo HMV ao longo de sua história.

Para a superintendente Assistencial, Vania Röhsug, a Faculdade de Ciências da Saúde do HMV tem uma importância estratégica para a instituição, pois será um dos vetores para conectar a assistência à educação e à pesquisa, com a entrega de “profissionais de enfermagem diferenciados para o mercado”. (Clarisse Ledur)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *