Inpe diz que número de queimadas na Amazônia em agosto foi o maior desde 2010

O sistema de monitoramento de focos ativos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou o número de focos de queimadas do bioma Amazônia, que chegou a 980. Os dados são os mais recentes do Programa Queimadas do Inpe, que tem atualização diária.

No acumulado do ano, o número de focos mais do que dobrou em relação a 2018. Já com relação a setembro, no primeiro dia do mês em 2018 havia 880 focos ativos. De janeiro até o dia 1º de setembro de 2019, o bioma acumula 47.805 focos de queimadas. No mesmo período do ano anterior, foram 23.045 focos.

De acordo com os dados, agosto deste ano terminou com o maior número de focos desde 2010, ficando 19% acima de média dos últimos 21 anos. As queimadas no bioma Amazônia aumentaram 196% em agosto, chegando a 30.901 focos ativos, ante 10.421 no mesmo mês do ano passado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *