Permissionários do Mercado Público assumirão execução do Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI)

Acabou a espera. Após um longo período de negociações, foi definido que a Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) executará o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), que seria uma obrigação da prefeitura. O PPCI permitirá a reabertura do segundo andar do prédio, fechado desde 2013.

Uma reunião no Ministério Público, na última sexta-feira (4), homologou o acordo entre a prefeitura e a associação. A partir de agora, será escolhida uma das três empresas capacitadas para executarem a obra, que deverá ter início no próximo mês.

De acordo com Adriana Kauer, 2ª secretária da Ascomepc, este é um passo importantíssimo para que o Mercado Público volte a atender os clientes com sua capacidade máxima. “Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance nestes últimos anos, pois sabemos a importância do Mercado Público para o Rio Grande do Sul. A associação procurou de todas as formas resolver o problema. E foi isso que aconteceu. Agora, iremos dar encaminhamento ao processo para que, em breve, o prédio volte a oferecer o serviço de excelência que todos estão acostumados”, diz.

O valor para a execução do projeto é aproximadamente R$ 1,5 milhão, que deverá ser pago pelos permissionários por meio de uma linha de crédito aprovada junto ao Banrisul. A obra contempla a adequação das escadas rolantes, retirada das escadas que não estão mais adequadas, reforma das duas escadas metálicas existentes que não foram sinistradas, instalação de duas novas escadas de metal e também de um reservatório de água.