Um criminoso que dirigia um carro roubado foi preso após fugir de uma blitz e atirar contra policiais na BR-101, no litoral gaúcho

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a BM (Brigada Militar) prenderam na madrugada de terça-feira (10), na BR-101, em Torres, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, um homem que dirigia um Ford Fusion que havia sido roubado em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.

Durante uma blitz na rodovia federal, o criminoso, de 21 anos, tentou fugir da abordagem policial. As equipes realizaram o acompanhamento tático, mas o motorista do veículo desobedeceu diversas ordens de parada. Quando foi impedido de prosseguir em Torres por uma barreira, o bandido efetuou disparos de arma de fogo, atingindo as viaturas da PRF e da BM, e depois foi capturado.

Ninguém ficou ferido. O criminoso, natural de Santa Catarina, possui antecedentes criminais por receptação de veículos roubados e mercadorias roubadas no seu Estado.

Vacaria

Na noite de sábado (07), a PRF prendeu  um motorista que dirigia bêbado um carro furtado e tentou tentou fugir após bater em uma caminhonete em Vacaria, na Região Nordeste do Rio Grande do Sul.

Após comunicação telefônica, os policiais rodoviários se dirigiram ao quilômetro 130 da BR-285 para atendimento do acidente envolvendo um Fusca e uma Ford F-1000, ambos emplacados em Vacaria. Ao chegarem no local, os agentes constataram que o carro havia sido registrado como furtado. Também foi informado que o motorista do Fusca havia fugido logo após o acidente pela mata na lateral da via.

Os policiais localizaram o homem escondido no mato a pouco mais de cem metros do local do acidente. Nitidamente embriagado, o criminoso de 56 anos, natural de Esmeralda, fez o teste do etilômetro, que deu positivo.

Medicamentos e simulacros

Em uma operação conjunta realizada pela PRF e pela Polícia Civil na tarde de sexta-feira (06), na BR-116, em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre,  foram apreendidos 217 simulacros de pistolas e 4.600 comprimidos para disfunção erétil.

A primeira apreensão, realizada na frente da unidade operacional PRF, ocorreu em uma abordagem a um ônibus que vinha de Porto Alegre. Os agentes pararam o coletivo e, ao revistarem as bagagens dos passageiros, encontraram os medicamentos escondidos dentro de brinquedos. Esses remédios para regular a disfunção erétil são de importação proibida.

Logo após, no mesmo local, em abordagem a um GM Classic, os policiais encontraram 217 simulacros de pistolas sendo transportados por três pessoas com destino a Camaquã. Aos policiais, elas disseram que traziam os simulacros do Paraguai e venderiam no comércio em Camaquã, apesar de saberem que muitos roubos ocorrem com o uso de simulacros de arma de fogo. Todos os ocupantes do carro foram detidos.