Linhas de ônibus de Porto Alegre sofrem alterações nesta terça-feira. Tabela de Verão nas linhas de ônibus já começou

A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) informa sobre alterações em linhas de ônibus de Porto Alegre. Além disso, também entrou em vigor a Tabela de Verão.

A partir desta terça-feira (25), as linhas 340 – Jardim Botânico e 438 – Santana serão unificadas aos domingos e feriados, resultando na linha 438.2 – Santana / Jardim Botânico. O terminal bairro permanecerá na rua Felizardo com Felizardo Furtado, ao lado da Esef (Escola Superior de Educação Física), bairro Jardim Botânico, com terminal Centro Histórico junto ao Mercado Público.

Também a partir do dia 25, aos domingos e feriados, a Linha 439 – São Manoel será transformada na Linha A439, Alimentadora São Manoel, sem cobrança de tarifa, com terminal bairro na rua Lóssio, bairro Partenon. O retorno ocorre a partir da avenida Venâncio Aires. Quem precisa ir ao Centro Histórico deve integrar na avenida Osvaldo Aranha. “As medidas objetivam racionalizar o sistema, de acordo com estudos relacionados à demanda dos usuários”, destaca o gerente de Planejamento e Transporte da EPTC, Flávio Tumelero Júnior.

Tabela de Verão  

Entrou em vigor nesta segunda-feira (24), até 6 de março, a Tabela de Verão no sistema de ônibus da Capital. A redução de viagens nesta época de férias será de apenas 7%, bem menor do que a diminuição de passageiros no sistema de transporte coletivo, que chega a 14%. Não haverá redução de horários em algumas linhas mais carregadas. Os primeiros e últimos horários de todas as linhas de ônibus não sofrerão qualquer tipo de alteração.

A EPTC irá monitorar o atendimento de todas as linhas para a realização de ajustes, se necessários. Dúvidas, informações ou reclamações podem ser encaminhadas pelo fone 156 (118) ou no site da EPTC.

Isenção de passagem em ônibus fica limitada a idoso com 65 anos ou mais

A isenção de tarifas do transporte coletivo em Porto Alegre, no que diz respeito à faixa etária, ficará restrita a pessoas que tenham 65 anos ou mais. A lei municipal que previa a isenção a partir dos 60 anos será revogada a partir da aprovação de projeto de lei do Executivo votado pela Câmara Municipal da Capital, ocorrida na quinta-feira (20). Conforme argumenta o prefeito Nelson Marchezan Júnior, na apresentação da proposta, as isenções para idosos são previstas pela Constituição Federal, e nela, está expressa a faixa etária de 65 anos e acima.

A proposta, contudo, faculta àqueles que já possuam o Cartão TRI Idoso a permanecerem com direito a isenção tarifária, desde que efetuem recadastramento na EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) e que comprovem, anualmente, terem residência em Porto Alegre e não terem renda superior a três salários mínimos. O projeto aprovado também determina que essa comprovação deverá ser feita pessoalmente pelo idoso na EPTC, sempre no mês de seu aniversário.

Emendas

Juntamente ao projeto de lei foram votadas duas emendas apresentadas pelo vereador Cassiá Carpes (PP). A emenda º 1 foi rejeitada. A emenda nº 2 foi aprovada e estabelece que a lei deverá ser revista a cada cinco anos com o objetivo de avaliar o impacto que a redução desta isenção terá na planilha tarifária. A emenda nº 3, do vereador Mauro Pinheiro (Rede), foi retirada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *