Livro de artista plástica porto-alegrense provoca um olhar sobre as relações de vizinhança através das janelas da cidade

Nesta quarta-feira, em Porto Alegre, uma sessão de autógrafos seguida de bate-papo com o público marca o lançamento de “Conhecidos de Vista”, terceiro livro da artista plástica Letícia Lampert. O evento ocorre a partir das 18h na livraria Taverna (rua Fernando Machado, 370, próximo à avenida Borges de Medeiro, no Centro Histórico).

Financiada pelo Fumproarte, a publicação independente da editora Incompleta impressiona em forma e conteúdo, com tem 152 páginas ilustradas por fotografias dispostas em um projeto gráfico “sanfonado”: de um lado, somente vistas externas de prédios, enquanto o verso outro apresenta ambientes internos e depoimentos informais de moradores sobre o que sabem dos vizinhos – que quase nunca conhecem.

Esse trabalho convida o olhar para uma situação cada vez mais comum na contemporaneidade: prédios com janelas próximas demais. “São vistas que não mostram a cidade e a paisagem, mas a vida do outro”, destaca a autora. “Essa proximidade forçada traz detalhes sobre hábitos banais daqueles que enxergam e desperta a imaginação sobre o que não veem.”

Ainda segundo Letícia, com o passar do tempo, porteiros e zeladores foram se tornando os principais curadores do projeto: “Entre desconfiados e solidários, apreensivos e empolgados, eram eles que quase sempre decidiam em quais prédios eu poderia entrar, quem eu iria conhecer”.

E a artista sabe muito bem do que está falando: para visitou mais de 50 apartamentos nos bairros centrais da capital gaúcha, onde as ruas, com prédios em ambos os lados, configuravam essa situação que ela muito bem define domo um “confronto de miradas”.

Mais informações em www.leticialampert.com.br e www.incompleta.com.br.

Percurso

Este projeto foi apresentado pela primeira vez em 2013, na Sala Augusto Meyer da Casa de Cultura Mario Quintana, dentro do Prêmio IEAVi (Instituto Estadual de Artes Visuais), rendendo à fotógrafa menção honrosa. A exposição foi resultado da pesquisa de mestrado em Poéticas Visuais, realizada no PPGAV-UFRGS e defendida no mesmo período. O projeto também foi indicado ao Prêmio Açorianos de Artes Plásticas e recebeu em 2013 o prêmio Pierre Verger de Fotografia, promovido pela Funceb (Fundação Cultural do Estado da Bahia).

A proposta de publicação foi aprovada pelo Edital de Produção 011 do Fumproarte da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre em 2015. Uma das contrapartidas prevê que uma cota de 10% da tiragem da publicação seja distribuída para bibliotecas e acervos de instituições culturais e espaços independentes de todo o país. A autora ainda participará de três conversas com alunos de escolas públicas de Porto Alegre, e um workshop gratuito será ministrado por Letícia no Atelier das Pedras, na Capital (inscrições até 19/10 – cartaz em anexo).

Após o primeiro lançamento em solo gaúcho, a obra será apresentada em outras cidades brasileiras. De 12 a 14 de outubro, a autora participa do Valongo Festival Internacional da Imagem, em Santos (SP), onde autografará o livro. A publicação também tem lançamento previsto para a capital paulista no dia 22.

Trajetória

Com formação em Artes Visuais pela UFRGS (2009), Design pela Ulbra (2000) e mestrado em Poéticas Visuais (UFRGS, 2013), Letícia Lampert vem desenvolvendo sua produção artística principalmente através da fotografia. O eixo principal de sua pesquisa é a investigação das formas de compreender a paisagem, especialmente urbana, bem como as relações, mediadas pela arquitetura, que estabelecemos com as cidades.

Ela teve o seu trabalho destacado em salões e prêmios como o Prêmio Açorianos de Artes Plásticas / Fotografia (2009), o Prêmio Aquisitivo no Salão Unama de Pequenos Formatos (2012), Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger (2013) e III Prêmio Itamaraty de Arte Contemporânea (2013). Participou de residências artísticas no Brasil e no exterior: The Swatch Art Peace Hotel, em Xangai (China), Residência Faap em São Paulo e Pier 2 em Kaohsiung (Taiwan). Desde 2016, ministra oficinas sobre arte, fotografia e publicações independentes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *