Mais de 11 mil pacientes esperam por uma consulta com oftalmologista pelo SUS

Centros de Saúde do SUS não possuem profissionais da área e nem mesmo equipamentos para as consultas. (Foto: Marcello Casal Jr./Abr)

A Secretaria de Saúde de Porto Alegre aponta que a falta de profissionais especialistas em oftalmologia na capital ocasiona em mais de 11 mil de pacientes, na fila de espera para uma consulta. Entre esses, boa parte com problemas de visão.

Para que a consulta aconteça, antes o paciente deve passar por um clínico geral, que analisará a necessidade de agendar um novo atendimento com o profissional da área. Ainda assim, como os postos de unidade básica de saúde não contam com médicos oftalmologistas e nem mesmo possuem equipamentos à disposição, os pacientes dependem da disponibilidade de horários das unidades conveniadas à prefeitura para agendar sua avaliação.

Através de um levantamento em 16 estados brasileiros, o Conselho Federal de Medicina (CFM) identificou que, entre os procedimentos com maior fila de espera, está, em primeiro lugar, a cirurgia de catarata, com 113.185 mil pessoas aguardando-a.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *