Mais de 270 quilos de maconha foram encontrados em um carro roubado que tentou fugir de uma barreira policial e colidiu contra um caminhão em uma rodovia federal gaúcha

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a BM (Brigada Militar) apreenderam 277 quilos de maconha, recuperaram um automóvel roubado e prenderam três criminosos em Lajeado, na Vale do Taquari. A operação ocorreu no início da manhã desta terça-feira (09) no quilômetro 340 da BR-386.

A PRF e a BM realizavam ação integrada de combate ao crime quando tentaram abordar um Hyundai Azera com placas de Francisco Beltrão (PR). O condutor do carro não obedeceu a ordem de parada e iniciou uma fuga. Ele acabou colidindo frontalmente contra um caminhão que vinha no sentido contrário da rodovia.

O motorista ainda tentou fugir a pé, mas foi capturado pelos policiais. A droga foi encontrada no porta-malas do veículo. Após averiguação dos sinais identificadores do carro, constatou-se que havia sido roubado há cerca de dez dias e logo depois clonado. A placa original é de Cascavel (PR).

O condutor do automóvel, de 35 anos, ficou ferido após o choque com o caminhão, recebeu atendimento do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e foi encaminhado, sob escolta, para exames no Hospital Bruno Born, em Lajeado.

Em ação contínua, foi abordado um Citroën C4 emplacado em Santa Fé (PR), que fazia o papel de batedor para o Azera. No veículo, além do condutor de 21 anos, estava a sua companheira, de 22 anos, ambos de Santa Fé.

Eles admitiram que estavam auxiliando o motorista do Azera e disseram que receberiam R$ 3 mil para entregar a maconha na Região Metropolitana de Porto Alegre. A droga e os dois ocupantes do C4 foram encaminhados à Polícia Civil de Lajeado para as medidas cabíveis.

Santa Catarina

Mais de oito toneladas  de maconha foram apreendidas em uma ação conjunta da PRF, Polícia Militar e Polícia Civil, no início da madrugada de domingo (07), em Itajaí (SC). Três criminosos foram presos e dois foram mortos em confronto com policiais militares.

Através da troca de informações entre agentes das três instituições, o veículo suspeito de estar com a droga foi localizado na BR-101 e, em seguida, abordado assim que chegou a uma fazenda, no bairro Espinheiros. O local servia como depósito.

Os tabletes da droga estavam em uma carreta Mercedes-Benz com placas de São Francisco do Sul (SC), escondidos sob uma carga de milho a granel. Segundo o motorista, de 54 anos, a maconha veio do Paraguai.

Ao perceberem a chegada da polícia, alguns homens que faziam parte da quadrilha correram em direção ao mato nos fundos da fazenda e trocaram tiros com policiais militares. Essa foi a maior apreensão de maconha da história de Santa Catarina. Três armas, um caminhão bitrem e três automóveis também foram apreendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *