Ministro da Economia Paulo Guedes compara as estatais a “filhos que fugiram e hoje são drogados”

O ministro da Economia Paulo Guedes fez uma analogia sobre as estatais brasileiras nesta sexta-feira (8). Ele disse que essas organizações são como “filhos que fugiram de casa e hoje são drogados”. Na visão do ministro, todas as estatais deveriam ser privatizadas, mas o presidente Jair Bolsonaro e os militares pediram que algumas permaneçam como estão. Guedes não citou nomes, mas o governo já decidiu, por exemplo, que não privatizará a Petrobrás. O secretário de Desestatizações e Desinvestimentos, Salim Mattar, citou o BNDES e Caixa Econômica Federal entre as estatais que Bolsonaro e os militares querem manter.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *