Operação Sintonia e Operação Carreteiro

Mais duas operações foram realizadas na manhã da última sexta feira (04). A Operação Sintonia no combate ao crime organizado em Bento Gonçalves, que prendeu o líder da facção paulista, PCC, e a Operação Carreteiro que combate conflitos em uma aldeia indígena no norte do estado.

Operação Sintonia

A investigação do Ministério Público apurou a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e de outras atividades ilícitas na serra gaúcha. O líder do grupo criminoso estava foragido e foi preso. Ele tem antecedentes por homicídio e tráfico de drogas. O indivíduo é apontado como o líder da facção paulista PCC, responsável por um laboratório itinerante que refinava cocaína mensalmente.

Operação Carreteiro

Já a Polícia Federal realizou ação contra crimes praticados devido a conflitos em aldeias indígenas. Foram cumpridos mandados em Água Santa, Tapejara, Charrua e Passo Fundo. A disputa pela liderança local era motivada pelo desentendimento na divisão das terras e na gestão de cargos e recursos. Os dois grupos indígenas rivais teriam cometido diversos atos violentos na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *