Pampa Debates: convidados comentam que restrições devem ser equilibradas

O programa Pampa Debates desta segunda-feira (13) recebeu o desembargador Francisco José Moesch, o advogado Paulo Guimarães, o vereador de Porto Alegre Idenir Cecchim e o subprocurador-geral de Justiça Marcelo Dornelles. Os debatedores comentaram a situação do abre e fecha de atividades econômicas devido à pandemia da covid-19. Afinal, está na hora de abrir tudo?

Para Marcelo Dornelles, a questão não é nem abrir e nem fechar tudo, mas deve-se ter um “equilíbrio”. “Se o vírus é transmitido pelo ar, você tem que ter um certo distanciamento. Quando se abre o comércio acaba se provocando uma circulação maior de pessoas nas ruas”, opinou. O subprocurador também fez um desabafo: “Se daqui a 15 dias houver um pico da doença, vamos ter que escolher quem vai viver e quem vai morrer.”

Já Idenir Cecchim comentou que todos o lados devem ser ouvidos nessa situação. “Nós estamos ouvindo só um lado da ciência. Temos que ouvir quem é a favor e quem é contra também”, ressaltou. Para Paulo Guimarães, “fechar tudo” não resolveu. “Nós tivemos um modelo de distanciamento social de fechar tudo. Resolveu? Pelo contrário, aumentaram os casos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *