Pampa Debates: convidados debatem caso de homem morto por seguranças em supermercado de Porto Alegre

No Pampa Debates desta sexta-feira (20), o apresentador Paulo Sérgio Pinto recebeu o deputado Federal Eduardo Bolsonaro, o deputado estadual Ruy IrigaraY, o médico Ricardo Zimmermann e o Procurador-Geral de Justiça do Estado, Fabiano Dellazen. O assunto do debate girou em torno do acontecimento que marcou a data: um homem, negro, espancado até a morte por seguranças do mercado Carrefour em Porto Alegre na véspera do dia da Consciência Negra.

Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da república, repudiou o ato e pediu justiça. “Os culpados tem que ser condenados, apodrecer na cadeia. Ninguém pode ser a favor de um negócio desse. É uma barbárie!”, comentou. A favor do porte de arma e sendo um dos motivos que o fez vir a Porto Alegre para tratar sobre o assunto, o deputado disse que a maldade está na cabeça do homem. “Se o homem quer fazer uma maldade, ele faz.” Já Ruy Irigaray, que também é a favor disse que “armas não matam, o que matam são as pessoas.” O também deputado opinou que não se pode politizar o ocorrido e que os assassinos serão punidos. “Eles vão ser investigados. Com a Polícia Civil e com o Ministério Público não tem conversa.”

Dellazen confirmou a afirmação de Irigaray. “A Polícia Civil já começou uma investigação até porque todos já foram identificados e os fatos filmados e os suspeitos presos.” O procurador ainda garantiu que a investigação do caso tende a ser rápida. “Isso ocorre porque tudo já foi analisado”, disse.

ASSISTA AO PROGRAMA NA ÍNTEGRA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *