Pedido de liberdade de Lula é liberado para análise do Supremo Tribunal Federal

habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pedindo sua soltura e questionando a ação de Sérgio Moro como juiz do caso, foi liberado para análise do Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro do STF Gilmar Mendes, que havia pedido vista do documento (mais tempo para analisá-lo), devolveu-o nesta segunda-feira (10). As principais possibilidades são de que a Segunda Turma da Corte aprecie o hc nesta terça-feira (11) ou no próximo dia 25.

Quando Gilmar Mendes pediu vista, os ministros Luiz Edson Fachin e Cármen Lúcia já havia votado contra o pedido da defesa de Lula. A decisão do ministro de devolução do documento pode ter sido influenciada pelas conversas divulgadas pelo site Intercept, nesta segunda, que seriam de Moro e do procurador Deltan Dallagnol. No conteúdo da publicação, eles conversariam sobre os desdobramentos da prisão do ex-presidente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *