Pesquisa do Sebrae indica que empresas vivem pior momento da pandemia

As restrições e decretos impostos pelo governo do Rio Grande do Sul vem dificultando a situação das pequenas empresas no estado. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae, indica que 1/3 dos empresários teve de fechar seu estabelecimento.

Nos primeiros meses de 2021 houve um agravamento da situação: o número de empreendimentos fechados chegou a 35%. Este é o maior índice desde que a pesquisa começou a ser realizada. A queda no faturamento também é um dos principais dados do levantamento.

“Mais de 60% das empresas tiveram uma queda de mais de 50% do seu faturamento, então esses dois dados, além de outros tantos, pois a pesquisa é muito extensa. Mas esses são os dois dados que indicam de fato um agravamento da situação”, destacou o Diretor-superintendente do Sebrae-RS, André Vanoni de Godoy.

Com o agravamento da segunda onda da Covid-19, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Porto Alegre projeta uma retração econômica ainda maior no mês de março. “Isso a gente vai ver, com certeza, refletido nos números de empregos do mês de março, e tendem a ser negativos para esses dois setores que são prioritários dentro do arcabouço aí de empregos formais dentro da nossa capital”, disse o Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico de Porto Alegre, Vicente Perrone.

Pedro é cabeleireiro de um salão de beleza de Porto Alegre. Do ano passado para cá, ele ficou 81 dias sem atender presencialmente. Com os prejuízos, o profissional e os colegas estão recebendo todo apoio da empresa que não demitiu nenhum funcionário.

“A empresa, o salão em si, vem nos ajudando e perguntando como nós estamos. Estão prestando solidariedade a todos os profissionais autônomos, afinal somos uma rede. E os sócios veem ajudando os profissionais, a cada vez, tentar sair melhor dessa situação”, relatou o cabeleireiro Pedro Zaikoski.

A expectativa para próximos meses divide a opinião dos empresários, pois 43% acreditam que a situação vai continuar piorando, enquanto para 41%%, a situação deve melhorar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *