Porto Alegre recebe evento-teste adaptado às normas da pandemia

O setor de eventos, um dos mais atingidos pela pandemia, segue buscando maneiras de se reinventar para essa nova realidade. Na última sexta-feira (11), Porto Alegre teve um evento-teste, totalmente preparado para o formato necessário durante esses novos tempos.

O evento-teste de sexta (11) ocorreu na Fiergs, que estava totalmente adaptada às normas da pandemia. Houve palestras e dinâmicas voltadas ao treinamento para a retomada do mercado de eventos. A expectativa dos organizadores é que o setor possa retomar às atividades da maneira mais segura possível.

“Então vamos deixar de falar em protocolos e vamos pensar mais adiante. Vamos organizar um test-drive para que a gente possa mostrar que é possível fazer um evento de grande porte que nem esse aqui, adaptado com o número de pessoas e com a circulação restrita para que ele possa ser liberado, de uma forma responsável, gradual e segura”, disse a presidente do POACVB, Adriane Hilbig.

O evento forneceu equipamentos de proteção individual, pontos de acomodação espaçados e vigilância para evitar aproximação entre os participantes. A sanitização geral da área era feita a cada três horas, além de limpeza e higienização constantes.

“A sanitização é um processo que complementa o procedimento de higienização, ele não substitui. Então, a limpeza é importantíssima para que a sanitização possa ser eficiente durante o evento”, explicou a gestora da Cootravipa, Fernanda Germano Correa.

A capital é a terceira a receber um evento deste porte no estado. As cidades de Gramado e Bento Gonçalves também já tiveram edições. Os participantes, majoritariamente do setor de eventos, fizeram suas inscrições pela internet e receberam um QR Code para facilitar o acesso ao local e controle por parte da organização.

“As empresas de serviço estão passando esses seis meses por um período muito crítico e esse evento que é um teste em nível nacional, porque o Rio Grande do Sul está fazendo em primeira mão esses eventos-testes, é para nós treinarmos e avaliarmos para comprovar a viabilidade dos eventos”, comentou a vice-presidente do POACVB, Lourdes Fellini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *