Porto Alegre recebe mais 17 venezuelanos

No inicio da noite desta terça-feira (18), noventa e seis venezuelanos desembarcam no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Dezessete deles ficarão em Porto Alegre, nas casas da Aldeias Infantis SOS onde já se encontram outros 70 vindos em setembro. Quarenta vão para a cidade de Santo Antonio da Patrulha e 39 para Viamão. Professores, engenheiros e mecânicos estão entre as profissões dos novos imigrantes. O Rio Grande do Sul já recebeu 830 venezuelanos que estão morando em sete municípios. As informações são da prefeitura de Porto Alegre.

A prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Esporte, fará o mesmo trabalho de acolhimento realizado com os primeiros imigrantes que vieram, com atendimento de assistência social, trabalho, saúde e educação. “A equipe já está mobilizada e pronta para auxiliar mais estas quatro famílias a iniciarem uma nova caminhada”, diz a secretária Denise Russo.

A interiorização é uma iniciativa criada pelo Governo Federal para ajudar venezuelanos em situação de extrema vulnerabilidade a encontrar melhores condições de vida em outros estados brasileiros. Todos os selecionados aceitaram participar da interiorização, foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados no Brasil, inclusive com CPF e carteira de trabalho.

A interiorização tem o apoio da Agência da ONU para Refugiados (Acnur), da Agência da ONU para as Migrações (OIM), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A partir das vagas disponíveis e do perfil dos abrigos participantes do processo de interiorização, o Acnur identifica os interessados em participar da estratégia, assegura que estão devidamente documentados e financia melhoras de infraestrutura e custos operacionais nos locais de acolhida, especialmente os administrados pela sociedade civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *