Prefeitura de Porto Alegre quer levar vacinação para Orla do Guaíba

A faixa etária para vacinação contra Covid-19 entrou nos 18 anos, nesta segunda-feira (23) em Porto Alegre. Mas a busca não está sendo tão intensa, o que vai levar a prefeitura a buscar outras formas de imunizar essa população. Apenas 40% da população com 21 anos está imunizada com a primeira dose na capital. A Secretaria Municipal de Saúde usa como base os últimos dados do IBGE, de 2010. Sendo assim, mais de 100 mil jovens ainda não buscaram a aplicação.

“Cada público que a gente foi desde janeiro, a gente observava um perfil. Com 50 anos, nós tínhamos filas na madrugada, o pessoal acordava mais cedo. Quando a gente foi para a idade de 30 e 40 anos, as filas na madrugada já não existiam, o pessoal já se deslocava mais no início de trabalho, pelas 8h e 9h. E agora, a gente observa que os jovens acabam procurando muito a vacinação no período da tarde”, contou a diretora de Atenção Primária em Saúde, Caroline Schirmer.

Para a prefeitura da capital, o principal motivo da baixa procura é o atual momento: não há lotações em hospitais e a taxa de casos positivos para a doença tem diminuído. “Lembrando que os jovens, em geral, muitas vezes se contaminam, mas eles não ficam graves. O que acaba acontecendo é que eles levam para casa e, pais, tios, pessoas que são mais velhas acabam se contaminando, ficando mais grave e acabam indo a óbito”, destacou Caroline.

Para as próximas semanas, a ideia é levar a imunização para locais estratégicos, onde os jovens costumam circular. “Esse final de semana nós teríamos uma ação, o drive thru que seria de a pé, de bicicleta, de carro, enfim, na Orla do Guaíba. A gente transferiu para o próximo sábado (28) em virtude da chuva, a previsão então não está favorável”, relatou a diretora de Atenção Primária em Saúde.

A prefeitura também está realizando a busca ativa por quem não completou o esquema vacinal com a segunda dose. A secretaria está entrando em contato e agendando a aplicação para este público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *