Presa quadrilha que extorquia empresas de vigilância no Rio Grande do Sul

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (28), a Operação Pedágio com o objetivo de combater uma organização criminosa responsável por crimes de extorsão praticados contra empresas de vigilância e zeladoria na Região Sul do Rio Grande do Sul.

Durante a ação, realizada nas cidades de Pelotas e Capão do Leão, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão e seis pessoas foram presas – cinco preventivamente e uma em flagrante. Com os indivíduos, foram apreendidos 15 automóveis, um revólver, uma pistola, uma camisa com a identificação da Polícia Civil, computadores, aparelhos celulares, dinheiro e anotações diversas.

Segundo o delegado Márcio Steffens, os integrantes da organização criminosa exigiam pagamentos em dinheiro das empresas para que elas pudessem continuar exercendo as suas atividades sem problemas.

Esquartejamento

Um homem de 20 anos foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira, no bairro Mario Quintana, na Zona Norte de Porto Alegre, por agentes da Delegacia de Capturas do Departamento Estadual de Investigações Criminais. De acordo com o delegado Arthur Raldi, o indivíduo preso é suspeito de um homicídio ocorrido em dezembro de 2016, no bairro Passo das Pedras.

Na ocasião, um homem de 25 anos foi morto com tiros de fuzil e, em seguida, esquartejado e colocado em um carrinho de mão. Além desse fato, o preso é investigado por outro homicídio, ocorrido em novembro de 2016, no bairro Rubem Berta. “Ele também possui antecedentes por crimes como tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação de veículo roubado”, relatou Raldi.

Caça-níqueis

Cinquenta e duas máquinas caça-níqueis foram apreendidas pela Polícia Civil, na tarde de quinta-feira (27), durante mais uma etapa da Operação Vegas na Capital gaúcha. A ação teve como alvo um estabelecimento localizado na avenida Mostardeiro, no bairro Moinhos de Vento.

Segundo a Polícia Civil, no momento da operação várias pessoas estavam no local utilizando as máquinas. O responsável pelo estabelecimento, no entanto, não foi localizado. Também foram apreendidos documentos contábeis, materiais relacionados a jogos de azar e dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *