Presa quadrilha que usava criança para praticar furtos em lojas no litoral gaúcho

Agentes da Delegacia de Polícia de Balneário Pinhal, no Litoral Norte gaúcho, prenderam em flagrante, na quarta-feira (17), três mulheres e um homem pelos crimes de furto qualificado e corrupção de menores. Os indivíduos furtaram vários produtos de diversas lojas do município.

Entre as mercadorias levadas, estão cosméticos, material de higiene pessoal e gêneros alimentícios. O delegado Alexandre Souza disse que chama a atenção o fato de que umas das presas colocava a sua própria filha, de 6 anos de idade, para subtrair os produtos e posteriormente lhe entregar.

O veículo utilizado para os crimes foi apreendido, e a criança entregue para a sua avó. Os produtos furtados foram recolhidos e devolvidos aos proprietários. Os bandidos são de Quintão e Palmares do Sul. Eles possuem vastas fichas criminais, destacando-se os crimes de furto qualificado, receptação, roubo, tráfico de drogas e homicídio.

Tráfico de drogas

Dois homens e duas mulheres foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na quarta-feira, no bairro Ditz, em Santo Ângelo, durante a Operação Fundo Falso. Deflagrada por meio do Serviço de Inteligência Policial e Análise Criminal, a operação investiga um grupo criminoso que mantinha drogas em um depósito e comercializava os entorpecentes na cidade e em municípios da região, além de usar veículos clonados para distribuição dos mesmos.

O grupo era liderado por um detento da Pasc (Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas). Durante as buscas, foi apreendida uma máquina de cartão, o que confirma a venda de drogas também por cartão de crédito.

Quatro homens e uma mulher foram presos pela Polícia Civil em Passo Fundo, durante a Operação Breaking Bad, deflagrada na manhã desta quinta-feira (18) para desarticular uma organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas na região.

No total, foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. Mandados de busca foram cumpridos nas cidades gaúchas de Passo Fundo e Serafina Corrêa e em Palhoça, no Estado de Santa Catarina.

Foram apreendidos 872 gramas de maconha, 40 gramas de crack, 25 gramas de cocaína e uma balança de precisão, além de R$ 3.633, três carros e duas motocicletas. A cadela Laika, da Polícia Civil, localizou entorpecentes em dois locais. Em um deles, a droga estava escondidas em tubo de PVC, nos fundos do pátio de uma residência. Em outra casa, a droga estava dentro do aspirador de pó.

Segundo as investigações, os presos recebiam maconha, cocaína, LSD e ecstasy do litoral catarinense e da fronteira com o Paraguai. A droga era traficada em Passo Fundo e em municípios vizinhos. A entrega feita com os veículos dos próprios investigados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *