Presa uma quadrilha de traficantes que planejava executar uma delegada no Rio Grande do Sul

Sete pessoas foram presas nas cidades de Ibirubá e Tapera, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, durante a Operação Cama de Gato, deflagrada nesta quarta-feira (19) pela Polícia Civil.

Ações, coordenadas pela Delegacia de Polícia de Ibirubá, ocorreram também em Espumoso, Quinze de Novembro, Ijuí e Soledade. O alvo da operação é um grupo que teria ligação com uma organização criminosa que atua em Porto Alegre e Região Metropolitana.

As investigações começaram em julho desse ano, depois que uma denúncia anônima apontou que para se firmar na cidade os traficantes planejavam matar a delegada de Polícia de Ibirubá, Dina Rosa Aroldi. Três dos alvos já estavam presos.

Inclusive, na cela de um deles, na Penitenciária de Ijuí, foi cumprido mandado de busca e apreensão. O indivíduo seria o líder do grupo. A operação ainda apreendeu dois veículos, celulares, entorpecentes e uma arma de fogo.

Operação Breaking 

Cinco pessoas foram presas – 4 em flagrante – nesta quarta-feira, pela Polícia Civil, em Passo Fundo, na 3ª fase da Operação Breaking Bad. Deflagrada pela Draco (Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) da cidade, a operação tem como alvo uma organização criminosa de tráfico de entorpecentes que movimentava mais de R$ 800 mil por mês na região. Os policiais civis também cumpriram nove mandados de busca e apreensão em Passo Fundo, Getúlio Vargas e Palhoça (SC).

Entre os presos está um dos principais traficantes de drogas de Passo Fundo e região. Segundo investigações, o indivíduo, de 27 anos, realizava a encomenda, transporte, distribuição, cobrança e remessa de valores referentes ao tráfico.

As ações também apreenderam um veículo Ônix, R$ 5 mil, 10 munições calibre 38 e mais de dois quilos de maconha – droga encontrada com o auxílio da cadela farejadora Laika, que em buscas na residência de um dos alvos localizou um tijolo da substância. Participaram da operação 40 policiais e 12 viaturas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *