Produtores de vinho da região da campanha perdem até 60% da safra devido aos herbicidas

Os produtores de vinho da região da campanha perderam até 60% da safra devido aos herbicidas hormonais. A Secretaria de Agricultura do Estado foi acionada e agora recebe denúncias na tentativa de reduzir as perdas.

O herbicida hormonal 2,4-D tem causado dor de cabeça em muitos produtores da região da campanha, no sul do estado. O produto serve para controlar plantas indesejáveis na cultura, mas muitas vezes o vento leva o herbicida de um ponto a outro. Quando o 2,4-D atinge cultivos de oliveiras, hortaliças e uvas, o produto prejudica as plantas, podendo diminuir o potencial produtivo. Quando isso ocorre, a Secretaria da Agricultura é acionada para prestar atendimento.

“Nós realizamos as coletas desse material que tem sintomas e encaminhamos ao laboratório para confirmar se é ou não, o produto que está sendo suspeito daquela contaminação. Na sequência, nós fazemos a fiscalização de quem usou o produto, ou seja, de quem aplicou o produto, afim de tentar observar e averiguar quem foi o causador daquela deriva”, explicou o chefe da divisão de insumos, Rafael Lima.

A secretaria está aberta para receber denúncias, que podem ser anônimas, e realizadas por três canais. Com um novo controle, o órgão espera reduzir esse prejuízo que atingiu grande parte dos produtores do sul do estado.

“E a gente espera que, ao longo do tempo, já para essa safra que a gente tenha pelo menos uma manutenção ou até uma redução dos casos de deriva”, destacou Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *