Projetos da UFRGS informam população e autoridades sobre o coronavírus

A comunidade acadêmica também está empenhada na luta contra o novo coronavírus. Alunos e professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul lançaram plataformas que auxiliam a população e podem até influenciar na decisão das autoridades.

Porto Alegre concentra o maior número de infectados com a covid-19 no estado. Através da plataforma lançada por estudantes da UFRGS, é possível conferir os leitos e enfermarias disponíveis. O site pode ser acessado por qualquer pessoa que deseja mapear as unidades de saúde da capital. Na tarde desta quarta-feira (22), o sistema indicava que a ocupação de leitos UTI de Porto Alegre era de 66%. De 542 leitos ocupados, 30 registravam casos de coronavírus.

“O estado está disponibilizando também uma ferramenta com essas informações para hospitais em todos os municípios, e nós pretendemos utilizar isso para complementar um aplicativo para outras cidades também, com informações de leitos”, relatou a professora Márcia Barbian.

A tecnologia também se apresenta como uma aliada no combate ao vírus em um simulador lançado pelo Instituto de Matemática e Estatística da UFRGS. Na plataforma online é possível simular a progressão da covid-19. A pesquisa inclui possíveis intervenções que podem ser adotadas no combate a pandemia e como o número de casos reagiria. A novidade pode funcionar como um auxílio para as autoridades, que precisam trabalhar com medidas contra o vírus.

“A gente está acompanhando o que está acontecendo, mas como esse processo acontece, por exemplo, o que acontece se eu aumento um pouquinho o distanciamento social, o que acontece se eu paro com isso. O usuário pode interagir diretamente, ele pode escolher cenários e ver o que vai acontecendo. Então é uma ferramenta adicional que facilita o acesso a essa informação”, explicou a professora do IME da UFGRS, Gabriela Cybis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *