Pulseiras com QR Code auxiliam identificação de crianças na beira-mar

Serão distribuídas 10 mil pulseirinhas na faixa de areia das praias de Capão da Canoa, Atlântida e Rainha do Mar. (Foto: Divulgação)

Os cuidados com as crianças a beira-mar ganharam reforço no veraneio deste ano. Além da atuação do Corpo de Bombeiros na conscientização dos cuidados estão sendo distribuídas neste ano, pulseirinhas com QR Code para a identificação das crianças nas praias de Capão da Canoa, Atlântida e Rainha do Mar.

Em apenas 20 dias de atuação, o número de pessoas perdidas na faixa de areia das praias do litoral cresceu em 30,9%. As orientações do Corpo de Bombeiros dão destaque para o uso de pulseirinha de identificação. Para a temporada 2021, foram confeccionadas 10 mil fitinhas laranjas. Mas, alguns comerciantes querem contribuir nesta ação.

“O objetivo é que os pais coloquem as pulseiras nas crianças. A leitura é muito fácil, porque é via QR Code e daí os pais vão colocar o nome da criança, idade, o telefone dos pais, o nome do responsável e a guarita mais próxima”, explicou o corretor de imóveis, Guilherme Borba.

Serão distribuídas 10 mil pulseirinhas na faixa de areia das praias de Capão da Canoa, Atlântida e Rainha do Mar durante todo o mês de janeiro. A ideia é que nenhuma criança fique perdida durante o veraneio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *