Renato Portaluppi, diz que Grêmio não dará mais “mole” e reafirma: “meu time é o melhor do Brasil”

Mesmo com uma grande decisão pela frente, que definirá o rumo do Grêmio na Libertadores da América, o assunto da tarde no CT Luiz Carvalho continuou sendo o jogo do último domingo (5), contra o Fluminense. A expressão “demos mole” continuou sendo muito citada, principalmente pelo técnico Renato Portaluppi que explicou a situação. “O ‘deu mole’ foi porque nós paramos de correr, achamos que o jogo tava ganho”, disse, esclarecendo que isso já está corrigido e que não vai mais acontecer.

Para Renato, “dar mole é muito fácil de se corrigir”. Ele disse que conversou, na tarde desta terça-feira (7), com seu grupo e elogiou os atletas. “Eu aplaudi meu grupo hoje, porque meu grupo deu aula de futebol no domingo.” E ainda frisou que não foi só na última partida que os atletas jogaram um bom futebol. “O meu time é o melhor time do Brasil.” Afirmou ainda que tem respeito por todas equipes do Brasil e que há outras muito boas também, mas: “O nosso futebol vai continuar o mesmo, as outras equipes não tem o nosso futebol”.

Tendo consciência dos erros do último jogo, o técnico gremista disse que confia muito na equipe e que, no final, “vamos ver quem vai estar na frente, o Grêmio vai estar lá”.

A decisão desta quarta-feira (8) na Libertadores, diante do Universidad Católica, do Chile, não passou em branco na coletiva. Renato garantiu que seu time entrará em campo para ganhar, como sempre aconteceu. “O Grêmio não teme ninguém, o Grêmio é grande.”

Foco, concentração e atitude não deverão faltar, para o técnico, que afirmou que todo jogador deve ter essas características. A consciência de que o jogo só acaba quando o juiz apita foi assinalada por Renato. “Chegou mais uma decisão. Amanhã (quarta) não pode dar mole!”

Treino

O Grêmio fez o seu último treino antes de entrar em campo diante do Universidad Católica, pela Libertadores, nesta quarta, às 19h15min, na Arena. Já concentrado, o Tricolor trabalhou na tarde desta terça, no CT Presidente Luiz Carvalho para finalizar a sua preparação.

A primeira parte da atividade foi de portões fechados para a imprensa, mantendo o mistério dos atletas que entrarão em campo. Depois que abertos, pode-se acompanhar o tradicional e descontraído rachão, que ocorre às vésperas das partidas.

O Grêmio ocupa a segunda posição na tabela de classificação da competição, com 7 pontos, empatado com o próprio Universidad.

Por ter maior saldo de gols do que o time chileno — 2 contra -2 — o Tricolor pode até empatar a partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *