Rio Grande do Sul indefere recursos e segue com 13 regiões em vermelho

O estado registra, até o momento, 568.416 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, e 11.115 óbitos. O gabinete de crise indeferiu os dois pedidos de reconsideração que recebeu do distanciamento controlado. Os recursos foram enviados pelas Associações Regionais de Santa Maria e Passo Fundo.

Segundo o Piratini, as regiões foram mantidas em bandeira vermelha pelo risco alto para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de propagação do vírus. Com isso, o mapa definitivo do distanciamento controlado se mantém com 13 bandeiras vermelhas e 8 laranjas. O mapa entrou em vigor nesta terça-feira (09) e segue até o dia 15 de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *