Rio Grande do Sul vai receber 50 pacientes com Covid-19 de Rondônia

Cinquenta pacientes com Covid-19 de Porto Velho, em Rondônia, devem desembarcar nesta terça-feira (26), em Porto Alegre. Os leitos para pacientes com a doença na capital do estado do norte estão lotados.

Os pacientes vindos de Porto Velho vão ser divididos em quatro hospitais, 10 no Grupo Hospitalar Conceição, 10 no Hospital de Clínicas e 10 no Hospital Vila Nova, em Porto Alegre. Os outros 20 vão ser enviados para o Hospital Universitário de Canoas, na região Metropolitana da capital.

“Temos uma capacidade instalada de leitos clínicos grande. São mais de 6.555 leitos e hoje, a taxa de ocupação desses leitos gira em torno de 22%. Então para esclarecer para a população, nós temos vagas suficientes para atender toda a população gaúcha e para atender esses pacientes que vem de Rondônia”, explicou a Secretária de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann.

A Secretaria Estadual da Saúde está organizando uma operação de transferência do aeroporto Salgado Filho, de onde os pacientes devem desembarcar, até os hospitais. Eles vão ocupar, em princípio, leitos de enfermaria em unidades própria, por questão de segurança sanitária e de monitoramento. “Não só por questões de segurança de evitar a transmissão do vírus, porque nós não sabemos se esses pacientes estão com Covid e é uma variante do vírus ou não”, destacou Arita.

“Nós estamos tomando as providências necessárias para manter aqui um espaço específico no Hospital Conceição de 10 leitos isolados com equipe específica para o atendimento. Então, nós vamos recebê-los, mantê-los isolados e vamos tentar diagnosticar a cepa para com isso facilitar o nosso atendimento”, afirmou o Diretor-técnico do GHC, Francisco Paz.

O Governo do Estado já havia se colocado à disposição, em 14 de janeiro, para receber pacientes de Manaus, em decorrência do esgotamento da Rede Hospitalar na capital do Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *