Termina sequestro em ônibus na Ponte Rio-Niterói; sequestrador foi atingido e morto

Desde às 6h desta terça-feira (20), um homem armado fez 37 reféns dentro de um ônibus da Viação Galo Branco na Ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro. De acordo com informações obtidas pelo O Sul, o homem saiu de São Gonçalo, na Região Metropolitana, afirmando ser policial militar. Na verdade, era vigilante. William, como depois foi identificado, estava ameaçando os reféns com arma de fogo – depois, foi descoberta que era de brinquedo -, arma de choque e galões de gasolina.

Por volta das 9h, foram ouvidos ao menos seis disparos, seguidos de aplausos. Um atirador de elite comemorou sobre um carro dos bombeiros. Os tiros atingiram William, que acabou morrendo. Os reféns não tiveram nenhum ferimento.

Wilson Witzel, governador do estado do Rio de Janeiro, foi até o local e se manifestou também via Twitter sobre o acontecido.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *